quarta-feira, 20 de junho de 2012

Tesouro de Dois Mil anos é encontrado (2012)

Pesquisadores das Universidades de Tel Aviv e Washington descobriram no sítio arqueológico de Tel Megido, ao norte de Israel, um jarro de cerâmica do ano 1100 a.C. que escondia em seu interior uma coleção de joias de prata e ouro. A descoberta do jarro aconteceu em 2010, mas somente agora, após um longo processo de limpeza, foi possível compreender a natureza dos objetos que estavam escondidos dentro do objeto.


Entre as joias foram encontrados anéis e brincos que, por conta dos seus desenhos e dos materiais, os pesquisadores supõem que poderiam ter vindo do Egito. 

O que chama a atenção dos cientistas é o fato de as joias estavam bem escondidas e em boas condições. Elas foram encontradas nas ruínas de uma casa particular e, uma das hipóteses, é que elas estariam ali temporariamente à espera de alguém que nunca apareceu para buscá-las.

E assim, o provisório se tornou perpétuo: por mais de dois mil anos as joias permaneceram escondidas até que a mão da ciência as trouxe de volta à luz.

Nenhum comentário:

Postagens mais acessadas