sexta-feira, 15 de março de 2013

Violino do Titanic é encontrado após 101 anos do naufrágio

O violino do maestro da orquestra do Titanic foi encontrado em um sótão na Inglaterra e autentificado 101 anos após o naufrágio do navio, informou uma casa de leilões britânica.

Violino de maestro do Titanic é encontrado 101 anos após o naufrágio (Foto: Henry Aldridge/AP)
Foram necessários sete anos para certificar a origem do instrumento, que milagrosamente sobreviveu ao naufrágio, explicou Andrew Aldridge, da casa Henry Aldridge & Son localizada no sudoeste da Inglaterra.
O violino feito de em pau rosa pertenceu a Wallace Hartley, chefe da pequena orquestra do Titanic, que ficou conhecida por ter tocado até que o navio desaparecesse no Atlântico em abril de 1912.
O cadáver de Wallace Hartley passou dez dias na água. "O violino foi encontrado em uma mala de couro, que estava presa a seu corpo", contou à AFP Andrew Aldridge.
Pouco tempo depois da tragédia, a mãe de Wallace Hartley disse à imprensa: "Eu sabia que ele morreria com seu violino. Ele era apaixonadamente ligado a este instrumento".
O violino, presente de sua noive Maria Robinson, tinha uma pequena placa em prata escrita 'Para Wallys, por ocasião de nosso noivado. Maria', um elemento que permitiu autenticá-lo.

Mensagen inscrita no violino indica que o 
instrumento era um presente de noivado (foto:AFP )
Os peritos que examinaram o instrumento também concluíram que "os sedimentos e a ferrugem encontrados no violino eram compatíveis com uma imersão na água do mar", segundo Andrew Aldridge.
Após o resgate do instrumento, as autoridades canadenses o enviaram a Maria Robinson.
E em sua morte, em 1939, foi confiado ao Exército da Salvação. Em uma carta escrita no início dos anos 1940, uma professora de música da organização escreveu: "É quase impossível tocar (com o violino), provavelmente por causa de sua vida movimentada". O instrumento foi então dado a uma família que o guardou em seu sótão.
"É uma incrível história humana", comentou Andrew Aldridge. "Wallace Hartley é uma das personalidades mais importantes da história do Titanic, principalmente devido a sua coragem", acrescentou, considerando que "este violino é a lembrança mais importante do Titanic".
O instrumento é avaliado em pelo menos 100 mil euros. Ficará exposto a partir da Páscoa na prefeitura de Belfast, cidade onde o Titanic foi construído. Está fora de questão colocá-lo em leilão por enquanto, segundo Andrew Aldridge, que está negociando com museus.
O Titanic naufragou nas águas geladas do Atlântico Norte durante sua viagem inaugural na madrugada do dia 14 para o 15 de abril 1912 após colidir com um iceberg. Entre as cerca de 2.200 pessoas a bordo, 1.500 morreram, entre elas os oito membros da orquestra.
Fonte:globo.com

terça-feira, 12 de março de 2013

Cardeais seguem para conclave que vai eleger novo papa

Por Crispian Balmer e Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO, 12 Mar (Reuters) - Cardeais da Igreja Católica se reúnem sob o olhar do "Juízo Final" de Michelangelo, nesta terça-feira, para eleger um novo papa que enfrentará os assustadores problemas vividos pelos 1,2 bilhão católicos do mundo, num dos períodos mais difíceis de sua história.

Os 115 cardeais-eleitores, com menos de 80 anos, começaram a chegar ao hotel Santa Martha, no Vaticano, onde vão morar durante o conclave, que se inicia no período da tarde (horário local).

Sob uma garoa de manhã cedo e aplausos de seminaristas, oito dos 11 cardeais-eleitores dos EUA deixaram o seminário North American College em um micro-ônibus com destino ao Vaticano para se juntar aos outros três que já vivem em Roma.

Todos os cardeais, incluindo aqueles com mais de 80 anos, participariam uma missa pela manhã na Basílica de São Pedro para rezar por orientação na escolha do homem para suceder o papa Bento 16, que abdicou no mês passado afirmando que não era mais forte o suficiente para enfrentar os problemas da Igreja.

Os cardeais-eleitores realizaram um sorteio para definir os quartos e suítes em Santa Martha, uma residência que está sendo usada apenas pela segunda vez pelos participantes de um conclave. A primeira vez foi em 2005.

O conclave, repleto de rituais secretos e orações, pode continuar por vários dias, sem claro favorito à vista.

Os cardeais só vão sair da reclusão quando escolheram o 266º pontífice nos 2.000 anos de história da Igreja, que vive um momento de crise por escândalos de abuso sexual, disputas internas de poder, dificuldades financeiras e com o aumento do secularismo no mundo.

Não há candidatos formais no conclave, mas vários nomes são mencionados com frequência. Para ser eleito, é preciso reunir pelo menos 77 votos entre os 115 cardeais-eleitores.

Os cardeais Angelo Scola, de Milão, e Odilo Scherer, de São Paulo, são os dois principais nomes citados como favoritos.


quarta-feira, 6 de março de 2013

Morre um mito da musica popular brasileira

Chorão estava no apartamento onde morava, em Pinheiros.

O cantor Alexandre Magno Abrão, o Chorão, da banda Charlie Brown Jr, foi encontrado morto em um apartamento na Zona Oeste de São Paulo. Ele tinha 42 anos.
Chorão foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A unidade de resgate constatou que ele já estava morto. A Polícia Militar disse ter recebido um chamado às 5h18 para "verificação de morte natural em um apartamento". Chorão morava no oitavo andar do edifício na Rua Morás, em Pinheiros. O corpo foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) por volta das 8h30.Chorão era um dos mais polêmicos cantores e compositores do rock nacional. Em 15 anos de carreira, colecionou sucessos como "Proibida pra mim" e "Zóio de lula" e brigas com outros músicos, inclusive da sua banda. Era também muito ligado ao skate - praticava o esporte e chegou a fundar uma pista.
Cantor foi encontrado morto em seu apartamento,
em Pinheiros (Foto: Alex Falcão/ Futura Pressa/AE)
O delegado Itagiba Vieira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),  investiga o caso. "Aparentemente não foi homicídio. O IML é que vai dar a causa da morte. Aparentemente ou foi por uso de medicamento ou outra substância", disse. Segundo ele, o apartamento estava muito danificado. Itagiba acredita que os danos tenham sido feitos pelo próprio cantor, já que o corpo foi encontrado com um dedo machucado e havia marcas de sangue no local 

A apresentadora Sônia Abrão, prima do cantor, chegou ao prédio por volta das 8h. A assessoria de imprensa da banda informou ao G1 que Chorão estava de férias e embarcaria para os Estados Unidos nos próximos dias. Ainda segundo a assessoria, o estado de saúde dele era bom.

Perfil de Chorão
O cantor e letrista, que faria 43 anos em 9 de abril, liderava a banda fundada por ele na cidade de Santos, no litoral de São Paulo, em 1992. Em 21 anos de carreira, o Charlie Brown Jr lançou nove álbuns de estúdio, dois discos ao vivo, duas coletâneas e seis DVDs. Ao todo, o grupo vendeu 5 milhões de cópias.
Além de vocalista, Chorão era responsável pelas letras do Charlie Brown Jr e pelo direcionamento artístico e executivo da banda. Em 2005, o trabalho "Tâmo aí na atividade” foi premiado com o Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro, o que se repetiu em 2010 com "Camisa 10 joga bola até na chuva".
No ano passado, o Charlie Brown Jr. lançou "Música Popular Caiçara", álbum ao vivo que marcou o retorno dos integrantes Marcão e Champignon à banda. Eles haviam deixado o grupo em 2005. As apresentações aconteceram em Curitiba e Santos. A produção do trabalho foi feita por Liminha e os shows contam com a participação de Falcão (O Rappa), Zeca Baleiro e Marcelo Nova. Das 15 faixas do CD, a única gravada em estúdio é "Céu azul".
Chorão foi o único integrante do Charlie Brown Jr que permaneceu no grupo em todas as suas fases. Paulistano, Chorão adotou a cidade de Santos desde a juventude, onde criou a banda. Seu apelido foi dado ainda na adolescência, quando ele não sabia andar de skate e ficava apenas olhando os amigos. Um deles, então, pediu que o jovem não chorasse. Segundo a GloboNews, a infância e a adolescência de Chorão foram difíceis por conta da separação dos pais, que aconteceu quando ele tinha 11 anos. O músico largou a escola na sétima série.
Carro do IML chega a prédio onde Chorão morava (Foto: Letícia Macedo/G1)
Carro do IML chega a prédio onde Chorão morava
(Foto: Letícia Macedo/G1)
O vocalista é também roteirista do filme "O magnata" (2007), do diretor Johnny Araújo, e do longa “O cobrador”, ainda em andamento. Como empresário, administrou marcas de skate, como a DO.CE, fundada por ele em 2009, e viabilizou a realização de grandes eventos de skate no Brasil, além de manter o espaço Chorão Skate Park na cidade de Santos desde 2006.
A estreia do Charlie Brown Jr aconteceu em 1997 com o lançamento do álbum "Transpiração contínua prolongada". O trabalhou conseguiu o certificado de disco de platina ao vender mais de 250 mil cópias e tem como singles os sucessos "O coro vai comê", "Proibida pra mim", "Tudo que ela gosta de escutar", "Quinta-feira" e "Gimme o anel".
Sempre envolvido em polêmicas, Chorão deu uma bronca no baixista Champingnon em pleno show na cidade de Apucarana (PR) no final do ano passado. "Você voltou [para a banda] por causa de dinheiro", disse, no palco. Poucos dias depois, Chorão compartilhou um vídeo ao lado do baixista comunicando que os dois já haviam feito as pazes.
Em 2004, Chorão agrediu Marcelo Camelo, do Los Hermanos, na sala de desembarque do Aeroporto de Fortaleza. Ele foi detido pela Polícia Federal e, mais tarde, processado por Camelo, sendo obrigado a pagar uma indenização por danos morais ao músico carioca. O próximo show da banda estava marcado para o dia 22 de março, em Campo Grande, no Rio de Janeiro.
Fonte: globo.com

Postagens mais acessadas