sexta-feira, 18 de agosto de 2017

O Titanic ergue-se novamente - Conheça o Titanic II

Confira algumas fotos de como esta ficando o novo Titanic que esta sendo construído na China.

Fotos do dia 09 de Agosto de 2017.










O projeto, com todo o seu exagero glacial, ofendeu alguns parentes dos passageiros do Titanic. Jean Legg, filha do sobrevivente Sidney Daniels, diz: "Eu acho que se ele soubesse que isso estava sendo replicado, ele estaria girando em seu túmulo". O desenvolvedor diz que ele nunca quis ofender. Parte de seu objetivo, ele diz, é ajudar as pessoas a se lembrarem.

Fonte:http://www.cbc.ca

TEORIA DIZ QUE CRISTÓVÃO COLOMBO ERA PORTUGUÊS. SERÁ?

Pesquisadores afirmam que nome original do navegador era Pedro Ataíde e que fugia de perseguição.

As origens do conquistador Cristóvão Colombo são, até hoje, um grande mistério. Enquanto a hipótese mais popular afirma que o navegante era de origem genovesa, vários historiadores acreditam que ele poderia ter nascido na Catalunha, na Galícia ou, até mesmo, em Portugal.


O historiador Fernando Branco publicou em 2012 seu livro “Cristóvão Colombo, Nobre Português”, no qual fornece vários dados que poderiam provar sua teoria: a de que Colombo era, na verdade, o navegante português Pedro Ataíde e que teria mudado seu nome para fugir de uma perseguição em seu país natal. 

Ataíde foi dado como morto em uma batalha em 1473, mesma época em que teria adotado a identidade de Colombo e atravessado a fronteira portuguesa a nado até o litoral espanhol. 

Essa é a linha de pesquisa seguida por uma equipe de estudiosos da Universidade de Coimbra e do Instituto Superior Técnico de Lisboa, que planeja analisar o DNA dos ossos do primo de Pedro Ataíde e comparar seu material genético com os restos do filho de Colombo. 

Enquanto aguardam a autorização oficial para extrair as amostras, os cientistas dizem estar otimistas com relação à possibilidade de conhecer a verdadeira origem do descobridor da América.


Fonte: Los Andes
Imagem: Shutterstock

AQUENÁTON, O FARAÓ QUE DESAFIOU OS DEUSES

Governante fez reformas religiosas profundas, mas sucumbiu às artimanhas humanas! 


Neferjeperura Amenhotep, conhecido como Aquenáton, governou o Antigo Egito entre 1353 e 1336 a.C.. Marido de Nefertiti e pai de Tutancâmon, seu reinado foi marcado por uma revolução religiosa profunda, que abalou o poderoso império. 
Aquenáton e Nefertiti tentaram substituir o imenso panteão de deuses por um culto monoteísta, dedicado à adoração de Áton, deus do Sol e criador do Universo. Para isso, eles ordenaram a destruição de todos os santuários destinados a outras divindades e chegaram a mudar até a capital do império, localizada historicamente na cidade de Tebas, para Amarna, onde, em poucos anos, construíram uma cidade suntuosa, assim como palácios de adoração ao novo deus. 

A acumulação de poder fez com que os alicerces da própria nação fossem abalados. O exército, responsável pela perseguição dos rebeldes religiosos, já não estava mais em condições de repelir os ataques hititas e os antigos sacerdotes, ressentidos com seu afastamento, maquinavam planos obscuros para acabar com o novo reinado. 

Após uma série de catástrofes familiares, e em meio a uma epidemia cruel, Aquenáton morreu, e seu filho Tutancâmon assumiu o trono. O novo faraó revogou as reformas de seu pai e levou o império a um novo período de esplendor. 

Fonte: BBC
Imagem: Wikipedia Commons

Postagens mais acessadas